TV Gazeta Logo TV Gazeta Logo TV Gazeta +551131705643 TV Gazeta - Programação ao vivo, receitas, notícias, entretenimento, esportes, jornalismo, ofertas, novidades e muito mais no nosso site. Vem pra #NossaGazeta!
Av. Paulista, 900 - Bela Vista 01310-940 São Paulo SP BR
Logo TV Gazeta TV Gazeta - Programação ao vivo, receitas, notícias, entretenimento, esportes, jornalismo, ofertas, novidades e muito mais no nosso site. Vem pra #NossaGazeta! TV Gazeta, Receitas, Revista da Cidade, Você Bonita, Mulheres, Gazeta Esportiva, Jornal da Gazeta, Mesa Redonda, Troféu Mesa Redonda, Papo de Campeões, Edição Extra, Gazeta Shopping, Fofoca

Vinicius Torres Freire / Remendos eleitorais na economia

Confira o conteúdo exclusivo da TV Gazeta - Vinicius Torres Freire / Remendos eleitorais na economia

Vinicius Torres Freire / Remendos eleitorais na economia Confira o conteúdo exclusivo da TV Gazeta - Vinicius Torres Freire / Remendos eleitorais na economia
O crédito está encolhendo nos bancos privados. O total de dinheiro emprestado é agora menor do que na mesma época do ano passado. Como o total dos salários está também parando de crescer, fica difícil de haver aumento de consumo, é óbvio, que também cresce cada vez mais devagar.

Por este motivo, fábricas de carros, de eletrodomésticos e de produtos eletrônicos estão dando férias coletivas e tomando outras medidas de redução da produção e de corte de custos.

Na prática, essas empresas estão meio que avisando: estamos à beira de começar a demitir pessoal. Talvez depois da Copa. Isso não quer dizer que vai haver uma explosão do desemprego no conjunto da economia. Mas, pelo menos, vai pegar muito mal para o governo que apareçam notícias de demissão em empresa grande logo no início da campanha eleitoral.

Por esse motivo, o governo começa a matutar o que pode fazer pelo menos para adiar essas demissões para depois da eleição. Não dá pra fazer grande coisa. O que o governo estuda é dar uma espécie de remédio para a febre. A doença mesmo não está sendo tratada, nem vai ser tão cedo.

Hoje, o governo baixou uma medida pequena, nessa direção. Reduziu o imposto para bancos e empresas que pegam dinheiro emprestado no exterior. Assim, bancos, em especial os bancos menores, em tese teriam condições de emprestar mais dinheiro, a custo menor.

Outra medida em estudo é liberar mais dinheiro para os bancos financiarem a compra de carros. Parte do dinheiro depositado nos bancos deve ser deixado parado no Banco Central, para evitar excesso de crédito na economia. O governo talvez libere parte desse dinheiro, se o crédito for para a compra de carros.

Infelizmente, dados os excessos dos últimos anos, temos de passar um período de contenção de consumo, de vacas magras. Quanto mais cedo e mais rápido, melhor, como tomar remédio amargo. O que o governo quer fazer é apenas dourar a pílula, colocar açúcar no xarope. Pelo menos até a eleição.
Leia mais sobre: