TV Gazeta Logo TV Gazeta Logo TV Gazeta +551131705643 TV Gazeta - Programação ao vivo, receitas, notícias, entretenimento, esportes, jornalismo, ofertas, novidades e muito mais no nosso site. Vem pra #NossaGazeta!
Av. Paulista, 900 - Bela Vista 01310-940 São Paulo SP BR
Logo TV Gazeta TV Gazeta - Programação ao vivo, receitas, notícias, entretenimento, esportes, jornalismo, ofertas, novidades e muito mais no nosso site. Vem pra #NossaGazeta! TV Gazeta, Receitas, Revista da Cidade, Você Bonita, Mulheres, Gazeta Esportiva, Jornal da Gazeta, Mesa Redonda, Troféu Mesa Redonda, Papo de Campeões, Edição Extra, Gazeta Shopping, Fofoca

Vinicius Torres Freire/ Não deu para a economia este ano

Confira o conteúdo exclusivo da TV Gazeta - Vinicius Torres Freire/ Não deu para a economia este ano

Vinicius Torres Freire/ Não deu para a economia este ano Confira o conteúdo exclusivo da TV Gazeta - Vinicius Torres Freire/ Não deu para a economia este ano
A gente ainda pode torcer pelo Brasil neste ano. Pela seleção de futebol. No caso da economia, já era. Na prática, não devemos crescer quase nada neste ano.Sim, é bem desagradável aparecer aqui duas vezes por semana sem uma noticiazinha boa. A gente bem que gostaria de mudar de assunto. Mas não dá para mentir.Hoje saiu o resultado do crescimento do PIB, do Produto Interno Bruto, do primeiro trimestre. Crescimento do PIB quer dizer apenas crescimento da produção ou da renda

nacional, simples assim.Complicado é andar da carruagem: do trimestre final do ano de 2013 para o primeiro trimestre de 2014, o ritmo da economia caiu ainda mais, pela metade.Está quase tudo parando ou caindo: o consumo das famílias, o investimento em novas empresas, negócios e obras, as exportações, o que a gente vende para outros países.Como resultado, este deve ser o ano de crescimento mais fraco durante o governo de Dilma Rousseff. Alguns economistas importantes passaram a dizer que o Brasil vai crescer perto de 1% este ano. Como a população também cresce nesse ritmo, no fim das contas a renda nacional por cabeça, per capita, não vai crescer nada. Na média, vamos ficar na mesma.
Outro sinal de problema apareceu no crédito. O total de dinheiro emprestado pelos bancos cresce cada vez mais devagar. Está mesmo caindo, no caso de financiamento de veículos.O crédito só está crescendo naquelas linhas reguladas ou bancadas pelo governo: empréstimo imobiliário financiado com dinheiro das cadernetas de poupança, crédito rural e crédito com dinheiro do BNDES, em geral para grande empresa. O crédito livre, de mercado, que não é regulado pelo governo, parou de crescer em abril: está no mesmo nível de 2013.Como o total de salários está parando de crescer, como o crédito está minguando, como os investimentos estão caindo e a confiança na economia desabou de modo até exagerado, ficou muito difícil crescer. A situação está pior do que a gente imaginava no início do ano, ou até mesmo março.
Leia mais sobre: