TV Gazeta Logo TV Gazeta Logo TV Gazeta +551131705643 TV Gazeta - Programação ao vivo, receitas, notícias, entretenimento, esportes, jornalismo, ofertas, novidades e muito mais no nosso site. Vem pra #NossaGazeta!
Av. Paulista, 900 - Bela Vista 01310-940 São Paulo SP BR
Logo TV Gazeta TV Gazeta - Programação ao vivo, receitas, notícias, entretenimento, esportes, jornalismo, ofertas, novidades e muito mais no nosso site. Vem pra #NossaGazeta! TV Gazeta, Receitas, Revista da Cidade, Você Bonita, Mulheres, Gazeta Esportiva, Jornal da Gazeta, Mesa Redonda, Troféu Mesa Redonda, Papo de Campeões, Edição Extra, Gazeta Shopping, Fofoca

Vai demorar, mas Cuba terá liberdade política

Vamos falar hoje de Cuba. A notícia é histórica. Ontem, a ditadura comunista reatou relações diplomáticas com os Estados Unidos.

Vai demorar, mas Cuba terá liberdade política Vamos falar hoje de Cuba. A notícia é histórica. Ontem, a ditadura comunista reatou relações diplomáticas com os Estados Unidos.
Logo do programa Jornal da Gazeta
Vamos falar hoje de Cuba. A notícia é histórica. Ontem, a ditadura comunista reatou relações diplomáticas com os Estados Unidos. A intermediação foi feita pelo Canadá e pelo papa Francisco. O papa e o Canadá estão de parabéns. Mas não é isso que interessa. Abrindo-se para os Estados Unidos, Cuba poderá e deverá mudar. Ainda existe o embargo comercial que os americanos decretaram há mais de cinquenta anos. Obama é dono da diplomacia. Mas quem manda no embargo é o Congresso americano. A direita republicana controla a Câmara e no Senado. Mesmo assim, para os americanos as vantagens econômicas do fim do embargo são tão grandes, que essa aberração tende a acabar. Depois do embargo, o regime cubano deve entrar num período de rápidas transformações. O sonho de Raul Castro é o de industrializar a economia cubana, para que ela exporte produtos de alto valor agregado. O país tem duas características pouco comuns na América Latina. Uma população disciplinada e de alta escolaridade. O problema é saber em que cenário essa inserção econômica acontecerá. A ditadura cubana está de olho no modelo chinês, em que o partido comunista virou o grande gestor da guinada capitalista. Mas pode acontecer exatamente o contrário. Os cubanos, de volta à economia de mercado, podem exigir liberdade de organização e de decisão política. Seria o fim do monopólio do Partido Comunista. E a ilha entraria com tudo no regime liberal. Eu acredito que essa última possibilidade é a mais provável. Ela ainda vai demorar, mas já está a caminho. Cuba não tem mais necessidade de demonstrar ao mundo o que quer que seja. A Revolução de 1959 já é coisa do passado. A União Soviética sustentou a ditadura do Caribe como se ela fosse uma mulher da vida. Mas a União Soviética já se desintegrou há uns bons anos. Não tem mais Guerra Fria. Se vocês encontrarem por aqui algum maluco que pense em fazer uma revolução socialista, com a ajuda dos cubanos, podem internar porque estaremos diante de um caso de psiquiatria. Os cubanos fracassaram no projeto de exportar a revolução. E os Estados Unidos também fracassaram em outro projeto, o de sufocar Cuba economicamente, para que um levante interno acabasse com Fidel Castro e os parceiros dele. O cenário de confronto mudou. Vamos pensar em outras coisas. É assim que o mundo gira. Boa noite.
Leia mais sobre:
Siga o Jornal da Gazeta nas redes sociais