Vídeos

 
Exclusivo

Retrocesso dos direitos civis nos EUA

0:00 / 0:00

Qualquer governante autoritário e vaidoso tem dificuldades para lidar com aquilo que o contraria. É o caso de Donald Trump. Ele levantou hoje cedinho e disparou twitters em que amaldiçoava o destino, por causa da entortada que levou na véspera. Vamos recapitular. Os Estados Unidos decretaram uma sobretaxa para a importação de aço de alguns países, como o Brasil e a União Europeia. Em resposta, os europeus adotaram uma sobretaxa para a importação de produtos americanos emblemáticos. Entre eles, as motocicletas Harley-Davidson. Se não estivéssemos num mundo globalizado, a diretoria da Harley colocaria o rabo entre as pernas e começaria a chorar, porque a sobretaxa poderia encarecer em 2 mil dólares cada motocicleta vendida na Europa. Mas a fábrica é pragmática. E anunciou que vai transferir parte da produção para a Tailândia, e assim escapar da sobretaxa dos europeus. Trump acredita que o protecionismo serve para manter os empregos dos americanos. Pois, ao transferir parte da produção para a Ásia, a Harley-Davidson leva junto esses mesmos empregos, e deixará milhares de americanos desempregados. E por simples curiosidade. A empresa foi fundada em 1903 e fabrica 241 mil motocicletas por ano. Ela teve no ano passado um lucro líquido de 522 milhões de dólares. Mas o dia não foi inteiramente trágico para Donald Trump. No final da manhã, a Corte Suprema considerou constitucional o decreto que vetava o ingresso de cidadãos de cinco países muçulmanos, como o Irã e a Síria. O decreto de Trump estava na gaveta desde o começo do ano passado. Antes de chegar à Corte Suprema, foi considerado ilegal por tribunais de instância inferior. E o que mudou? Pois o que mudou foi a instrumentalização de Trump em favor do pensamento conservador. Ele nomeou um ministro muito reacionário ao Supremo, e com isso conseguiu uma votação hoje apertada, por seis votos a cinco. A partir de agora, está aberta a temporada para o retrocesso dos direitos civis. É assim que o mundo gira. Boa noite.


Conteúdo disponível em Jornal da Gazeta .

O Jornal da Gazeta mostra as principais notícias do dia, reportagens exclusivas e análises feitas por comentaristas especializados.