TV Gazeta TV Gazeta logo TV Gazeta +551131705643 TV Gazeta - Programação ao vivo, receitas, notícias, entretenimento, esportes, jornalismo, ofertas, novidades e muito mais no nosso site. Vem pra #NossaGazeta!
Av. Paulista, 900 - Bela Vista 01310-940 São Paulo, Brasil
TV Gazeta TV Gazeta, Receitas, Mulheres, Cozinha Amiga, Fofoca Aí, Revista da Cidade, Você Bonita, Gazeta Esportiva, Mesa Redonda, Jornal da Gazeta, Edição Extra, Gazeta Shopping TV Gazeta - Programação ao vivo, receitas, notícias, entretenimento, esportes, jornalismo, ofertas, novidades e muito mais no nosso site. Vem pra #NossaGazeta!

Refugiados rumo à Europa em situação dramática

Confira mais uma opinião de João Batista Natali.

Refugiados rumo à Europa em situação dramática Confira mais uma opinião de João Batista Natali.
Logo do programa Jornal da Gazeta
Jornal da Gazeta
Vocês talvez acreditassem que a crise humanitária, por causa dos refugiados sírios, já tinha atingido o ponto mais alto. Pois não é mais assim. Depois de mais de 1 milhão e 100 mil pessoas que entraram no ano passado na Europa, fugindo da Guerra Civil, agora a Europa fechou as porteiras. E criou uma crise humanitária ainda maior, com 40 mil refugiados esperando em acampamentos improvisados na Grécia. Vejamos. A Áustria, a Eslovênia e a Croácia não querem mais servir de corredor de passagem para os que querem chegar até a Alemanha. Dois outros países que não pertencem à União Europeia, a Sérvia e a Macedônia, também fecharam as fronteiras. A situação é tão grave que hoje a chanceler alemã, Angela Merkel, criticou seus vizinhos europeus porque eles, de modo unilateral, bloquearam para esses imigrantes a chamada rota dos Bálcãs. O jornal francês Le Figaro traz hoje uma reportagem detalhada e comovente. Ela descreve a rotina no acampamento grego de Idomeni. Não há nem comida e nem água potável, para as 14 mil pessoas amontoadas em barracas ou ao relento. Faz frio nesse finzinho de inverno europeu. E 40 por cento dos seres humanos castigados por essa situação são crianças. O Alto Comissariado para Refugiados da ONU calcula que os acampamentos em território grego estejam hoje com 36 mil pessoas. Mas as ONGs que acompanham a tragédia contaram mais 4 mil. E tem mais outros tantos dentro da pequena Macedônia. É difícil pensar numa solução definitiva para essa questão. Na cabeça de um europeu médio, os refugiados sírios deixaram de ser vítimas da guerra que precisam ser protegidas. Hoje poucos países querem recebê-los. O espírito humanitário foi emagrecendo. E com isso o problema humanitário engordou de um jeito horroroso. É assim que o mundo gira. Boa noite.

Veja também