TV Gazeta TV Gazeta logo TV Gazeta +551131705643 TV Gazeta - Programação ao vivo, receitas, notícias, entretenimento, esportes, jornalismo, ofertas, novidades e muito mais no nosso site. Vem pra #NossaGazeta!
Av. Paulista, 900 - Bela Vista 01310-940 São Paulo, Brasil
TV Gazeta TV Gazeta, Receitas, Mulheres, Cozinha Amiga, Fofoca Aí, Revista da Cidade, Você Bonita, Gazeta Esportiva, Mesa Redonda, Jornal da Gazeta, Edição Extra, Gazeta Shopping TV Gazeta - Programação ao vivo, receitas, notícias, entretenimento, esportes, jornalismo, ofertas, novidades e muito mais no nosso site. Vem pra #NossaGazeta!

As reações à Lista de Janot, os leões e os gatos

O pedido de Janot é para o Supremo investigar 54 pessoas. Dezenas são políticos, e partidos são uma meia dúzia.

As reações à Lista de Janot, os leões e os gatos O pedido de Janot é para o Supremo investigar 54 pessoas. Dezenas são políticos, e partidos são uma meia dúzia.
Logo do programa Jornal da Gazeta
Jornal da Gazeta
O pedido de Janot é para o Supremo investigar 54 pessoas. Dezenas são políticos, e partidos são uma meia dúzia. O Supremo decidirá o que investigar e o que arquivar.
Um partido já paga a conta do ponto de vista público e político. O PT, que governa.
A Folha de S. Paulo relata: em depoimento, o doleiro Youssef citou políticos mortos: um deles o ex-candidato à presidência, Eduardo Campos, do PSB.

 
Outro, o ex-presidente do PSDB, Sérgio Guerra. Do PT, já na lista oficial, estariam o governador Tião Viana (AC) e ex-ministros Palocci e Gleisi Hoffmann.
Na lista enviada ao Supremo, deputados e senadores do PT, PSDB, PMDB, PTB e PP. E os presidentes do Senado e Câmara, Renan Calheiros e Eduardo Cunha, do PMDB.

 
Renan Calheiros foi o primeiro a reagir. Já na articulação para sobreviver ao desfecho de uma investigação, ele acenou a seus pares no Senado.

 
Renan devolveu ao governo uma medida do pacote fiscal. E foi festejado com entusiasmo pela oposição, que há um mês o esculhambava ao tentar derrotá-lo.
Pelo gesto da devolução, e no mesmo dia em que citado como potencial investigado, Renan foi elogiado por Aécio e Serra.

 
A cúpula do Congresso e PMDB sob suspeita e irritada e o vice, Temer, fora da investigação. Isso não diminui o risco politico para o mandato de Dilma.
Ao escrever hoje na Folha sobre a química explosiva das conjunturas econômica, política e social, Delfim Neto observa:

 
A perspectiva da tempestade perfeita continua a nos espreitar...

 
Diz Delfim: "É preciso deixar de lado a raiva e enfrentar os preconceitos. Deixemos de tentar saber se há gasolina no tanque iluminando-o com um fósforo aceso".
Sim, há gasolina no tanque. Muita.

 
Ministro da Fazenda em plena ditadura, Delfim Neto não pode ser definido como perigoso comunista, um "vermelho".

 
Ele, que apenas já viu e viveu tudo, termina dizendo: "Nos meus 87 anos, já vi muito leão virar gato".

Veja também