TV Gazeta Logo TV Gazeta Logo TV Gazeta +551131705643 TV Gazeta - Programação ao vivo, receitas, notícias, entretenimento, esportes, jornalismo, ofertas, novidades e muito mais no nosso site. Vem pra #NossaGazeta!
Av. Paulista, 900 - Bela Vista 01310-940 São Paulo SP BR
Logo TV Gazeta TV Gazeta - Programação ao vivo, receitas, notícias, entretenimento, esportes, jornalismo, ofertas, novidades e muito mais no nosso site. Vem pra #NossaGazeta! TV Gazeta, Receitas, Revista da Cidade, Você Bonita, Mulheres, Gazeta Esportiva, Jornal da Gazeta, Mesa Redonda, Troféu Mesa Redonda, Papo de Campeões, Edição Extra, Gazeta Shopping, Fofoca

Prisão de “Puliticus” e empresários escancara promiscuidade entre Mercados e Estado

Delcídio, senador (PT-MS). André Esteves, banqueiro do BTG Pactual. Marcelo, empreiteiro da Odebrechet. Otávio Azevedo, empreiteiro da Andrade Gutierrez.

Prisão de “Puliticus” e empresários escancara promiscuidade entre Mercados e Estado Delcídio, senador (PT-MS). André Esteves, banqueiro do BTG Pactual. Marcelo, empreiteiro da Odebrechet. Otávio Azevedo, empreiteiro da Andrade Gutierrez.
Logo do programa Jornal da Gazeta
Delcídio, senador (PT-MS). André Esteves, banqueiro do BTG Pactual. Marcelo, empreiteiro da Odebrechet. Otávio Azevedo, empreiteiro da Andrade Gutierrez.

Todos presos, submetidos à pressão para delatar. Pelo que vaza, a Andrade Gutierrez pagará multa de R$ 1 bilhão e entregaria dois senadores.

Parece pouco para a empresa de Minas que tem e chegou a tantos braços e bolsos ilustres.

Na Odebrechet, apesar do torniquete, segue a decisão pelo silêncio de Marcelo.

Odebrechet e Andrade Gutierrez são empresas com obras e "relações" em mais de 20 países.

Empreiteira multinacional que expuser seus intestinos e os dos alheios estará liquidada nesse mundo.

Delcídio. Já fez e tem como fazer muito mais estrago. É, era líder do governo Dilma. No governo Fernando Henrique, Delcidio foi diretor de Energia e Gás da Petrobras.

Mesmo não havendo espaço legal, nem empenho e desejo para ir além da Petrobras, PT e aliados do agora, revelar-se como era desde antes serviria à profilaxia.

André, banqueiro, ou ex. Têm relações que banqueiros têm como o Poder aqui e em qualquer canto do planeta. Imagine-se se André contar tudo que sabe, fez e viu.

E perceba-se a diferença no tratamento, nas notícias e opiniões sobre "pulíticus" presos, e quando presos são empresários ou banqueiros.

"Us puliticus" são a Geni. Para "us puliticus" vale todo e qualquer adjetivo, vale plantar qualquer coisa, vale até destruir reputação de quem já não têm.

Para banqueiro, referências reverênciais a "brilho", "audácia", "sucessos", "talentos". E lamentos, perplexidade... ou silêncios.

Desses quatro presos acima citados, um é "pulíticu" e três são dos "Mercados": dois empresários, empreiteiros, e um banqueiro.

Essa diversidade já deveria bastar para se entender de vez o que há de profundo e sistêmico no cipoal que entrelaça a Política e os "Mercados" vários.

Para se entender como fortunas são feitas no entra e sai, no vaivém dessa gente "ixsperrta" que vive da simbiose, do leva e traz entre o Estado e os "Mercados", entre os "Mercados" e o Estado.
Leia mais sobre:
Siga o Jornal da Gazeta nas redes sociais