TV Gazeta TV Gazeta logo TV Gazeta +551131705643 TV Gazeta - Programação ao vivo, receitas, notícias, entretenimento, esportes, jornalismo, ofertas, novidades e muito mais no nosso site. Vem pra #NossaGazeta!
Av. Paulista, 900 - Bela Vista 01310-940 São Paulo, Brasil
TV Gazeta TV Gazeta, Receitas, Mulheres, Cozinha Amiga, Fofoca Aí, Revista da Cidade, Você Bonita, Gazeta Esportiva, Mesa Redonda, Jornal da Gazeta, Edição Extra, Gazeta Shopping TV Gazeta - Programação ao vivo, receitas, notícias, entretenimento, esportes, jornalismo, ofertas, novidades e muito mais no nosso site. Vem pra #NossaGazeta!

Notícia de delação contra ministros de Tribunais Superiores provoca tensão

O jornalista Jorge Bastos Moreno conhece o Poder e poderosos como poucos. Desde sábado, 2, uma nota na sua coluna em "O Globo" provoca temores e tensão.

Notícia de delação contra ministros de Tribunais Superiores provoca tensão O jornalista Jorge Bastos Moreno conhece o Poder e poderosos como poucos. Desde sábado, 2, uma nota na sua coluna em "O Globo" provoca temores e tensão.
Logo do programa Jornal da Gazeta
Jornal da Gazeta
O jornalista Jorge Bastos Moreno conhece o Poder e poderosos como poucos. Desde sábado, 2, uma nota na sua coluna em "O Globo" provoca temores e tensão.
Moreno disse que "renomado advogado, um dos melhores do país", "entregou" ministros "do Superior Tribunal de Justiça e também do Supremo Tribunal".
O advogado "procurou investigadores" ao saber que estava sendo investigado. E teria revelado "relações nada republicanas de ministros dos tribunais", relatou Moreno.
Segundo o jornalista, "Quem teve acesso às negociações diz que não vai sobrar pedra sobre pedra quando a delação for fechada".
No Brasil das coberturas, temores e tensão em alta...apesar do clima faz-de-conta-que-tá-melhor.
As prisões do doleiro Lucio Funaro, lobista de Eduardo Cunha, do empresário Adir Assad, do Cavendish -da Delta-, e do bicheiro Cachoeira apavoram o "Cunhistão" e toda a 'Política".
Mas não apenas, mesmo que a ação de políticos e funcionários públicos atraia e concentre a atenção nos escândalos de corrupção.
Salta aos olhos a quantidade de empresas que agiram como quadrilhas, de empresários que se associaram a bandidos.
Causa perplexidade ver figuras que roubaram dezenas de bilhões ou milhões apenas dedurar os parças, e pronto.
Pena reduzidíssima, um tempinho na cadeia, e prisão domiciliar com tornozeleira eletrônica. Com ainda muitos bilhões, ou milhões, pra viver.
Assim começa a parecer fácil assaltar o Estado. Se for pego, basta dedurar, delatar.
Mas por isso, o dedurar pra escapar, se espalha a tensão a cada nova notícia de delação. Por isso a expectativa, quase pânico, com o que virá da Odebrechet e OAS.
Explosiva novidade será se chegar ao topo da Justiça.
Embora, nem tanto assim. Há dois meses, na Folha, Frederico Vasconcelos, abordava fronteiras da moralidade, ao menos. Contou então:
-De 33 ministros do Superior Tribunal de Justiça, 10 têm filhos ou mulheres advogados que defendem interesses de clientes com processos em tramitação na Corte.
Enganou-se quem, fora ou dentro da Lava Jato, pensou ser esse um jogo que poderia ser controlado.

Veja também