Vídeos

 
Exclusivo

No horizonte de Lula, prisão. Tuitada expõe Exército. E emudecidos protestam.

0:00 / 0:00

Comentário de Política, com Bob Fernandes.

"O Supremo Tribunal negou o habeas corpus pela defesa do ex-presidente Lula. Que terá que cumprir a pena de prisão. Véspera desse julgamento. Vendido como se relativo apenas à prisão imediata ou não de Lula.

Em tempo de pegar telejornal e manchetes o comandante do Exército, Villas Boas, serviu tuíte: "compartilho anseio de repúdio à impunidade." O general Villas Boas é conterrâneo e amigo do general Etchegoyen; o Chefe dos Sistemas de Inteligência da Presidência e do Brasil.

Etchegoyen foi nomeado por e serve a Temer. Temer acusado de corrupção pela terceira vez desde que presidente. Que repúdio os generais Villas Boas e Etchegoyen compartilharam publicamente a esse respeito?

Para o julgamento sobre Habeas Corpus, reduzido ao "do Lula", espetáculo-pressão de sempre. Nas manchetes magnificação: "Cem cidades pedem a prisão de Lula".

Gilmar Mendes é insuspeito de ser petista. Há pouco, no plenário, atribuiu ao PT as "raízes da intolerância". Mas, citando inclusive o "nazismo", opinou: Nunca vi mídia tão opressiva (...) até chantagista. Se for se curvar a isso melhor (o Supremo) deixar de existir.

Véspera. Para atiçar a excitação, helicópteros voltaram a sobrevoar a Paulista.

O Príncipe Imperial Dom Bertrand de Orleans e Bragança anunciou sua honrosa presença. Cobrando a "restauração da monarquia". Só faltou a lona. Aos manifestantes falta explicar: onde estavam quando Temer torrava bilhões para se salvar na Câmara? Onde estavam quando dos 52 milhões nas malas do Geddel?

Onde protestos contra a corrupção quando dos irmãos Friboi? Ou na corrida de 500 mil do Rocha Loures e ameaça de morte? Onde estão enquanto vendem pedaços do Brasil a troco de troco? Onde, enquanto enterravam roubos da merenda e metrô em São Paulo? Ou escondiam o Paulo Preto? Onde estavam em dois anos de 120 mil homicídios? Calados, escolhendo contra qual corrupção bradar ? O que é mais urgente do que vidas humanas?

A volta dos emudecidos às ruas. Em milhares de WhatsApps dos que convocavam veio, escrita e escancarada, a confissão: "Ou Você vai, ou Ele volta".

Contra "Ele" faltam...votos. Por isso o Vale Tudo."


Conteúdo disponível em Jornal da Gazeta .

O Jornal da Gazeta mostra as principais notícias do dia, reportagens exclusivas e análises feitas por comentaristas especializados.