TV Gazeta TV Gazeta logo TV Gazeta +551131705643 TV Gazeta - Programação ao vivo, receitas, notícias, entretenimento, esportes, jornalismo, ofertas, novidades e muito mais no nosso site. Vem pra #NossaGazeta!
Av. Paulista, 900 - Bela Vista 01310-940 São Paulo, Brasil
TV Gazeta TV Gazeta, Receitas, Mulheres, Cozinha Amiga, Fofoca Aí, Revista da Cidade, Você Bonita, Gazeta Esportiva, Mesa Redonda, Jornal da Gazeta, Edição Extra, Gazeta Shopping TV Gazeta - Programação ao vivo, receitas, notícias, entretenimento, esportes, jornalismo, ofertas, novidades e muito mais no nosso site. Vem pra #NossaGazeta!

Não há dica infalível de aplicação

Comentário de Economia, com Vinicius Torres Freire.

Não há dica infalível de aplicação Comentário de Economia, com Vinicius Torres Freire.
Logo do programa Jornal da Gazeta
Jornal da Gazeta
O total de dinheiro guardado nas cadernetas de poupança voltou a aumentar no ano passado, em 2017. Os depósitos cresceram 17 bilhões. É verdade que, se a gente descontar a inflação, que come o valor do dinheiro, esse aumento vai para quase zero.
Ainda assim, o resultado foi melhor do que em 2015 e 2016, quando as cadernetas perderam mais de 100 bilhões de reais.

E daí? Quer dizer que o brasileiro, na média, está com um pouco mais de dinheiro no bolso ou, pelo menos, gastou ainda menos e conseguiu guardar?
Sim, na média, é verdade. Não dá para dizer isso apenas olhando os números das cadernetas de poupança. Mas, quando a gente observa os depósitos em outros tipos de investimento, a gente vê que o bolo cresceu.

Isso é mais um sinal de que a crise de fato está acabando, pelo menos para a média do país. Tem gente muito arrebentada, óbvio, basta dar uma olhada nas ruas.
Há mais dinheiro aplicado também em fundos de investimento de varejo, que são esses fundos de investimento que os bancos oferecem para os clientes mais comuns, nós. Aliás, o dinheiro depositado nesses fundos cresceu mais do que o depositado nas cadernetas.

Onde vale mais a pena investir? Nunca é possível responder a essa pergunta em geral, para todos os tipos de pessoas. Cada caso é um caso, infelizmente. Não há dica infalível de aplicação, que valha para qualquer um.

Agora, dá para dizer alguma coisa sobre o rendimento das aplicações financeiras mais comuns, de renda fixa, aquelas que não incluem ações.

Nos prazos de aplicação mais curtos, os rendimentos devem ficar muito parecidos neste ano. Por exemplo, quase a mesma coisa para poupança, um fundo de renda fixa com taxa de administração de até 1%, um CDB comum e um título do Tesouro Direto chamado Selic.

Para aplicações de prazos maiores do que um ano, a poupança continua a não ser um bom negócio. Então, vale a pena pensar em títulos do tesouro direto de prazo mais longo e mesmo outras aplicações oferecidas por bancos.

Se você pesquisar e comparar rendimentos, vai achar algo que renda mais a poupança e não seja arriscado, como ações ou, muito arriscado, dólar.

Veja também