TV Gazeta TV Gazeta logo TV Gazeta +551131705643 TV Gazeta - Programação ao vivo, receitas, notícias, entretenimento, esportes, jornalismo, ofertas, novidades e muito mais no nosso site. Vem pra #NossaGazeta!
Av. Paulista, 900 - Bela Vista 01310-940 São Paulo, Brasil
TV Gazeta TV Gazeta, Receitas, Mulheres, Cozinha Amiga, Fofoca Aí, Revista da Cidade, Você Bonita, Gazeta Esportiva, Mesa Redonda, Jornal da Gazeta, Edição Extra, Gazeta Shopping TV Gazeta - Programação ao vivo, receitas, notícias, entretenimento, esportes, jornalismo, ofertas, novidades e muito mais no nosso site. Vem pra #NossaGazeta!

Na Previdência, uma reforma enxuta

Comentário de Economia, com Vinicius Torres Freire.

Na Previdência, uma reforma enxuta Comentário de Economia, com Vinicius Torres Freire.
Logo do programa Jornal da Gazeta
Jornal da Gazeta
A reforma da Previdência parecia morta. Até Michel Temer dizia pelo menos que ela estava desenganada, em agonia. Falava isso ainda na segunda-feira. Então, veio alguma reviravolta.
Pode ser que votem, sim, alguma mudança nas regras da aposentadoria até o final do ano. A mudança vai ser bem menor que a proposta pelo governo. As negociações do novo projeto acontecem nesta semana.
O que deve ficar? A idade mínima de aposentadoria, de 65 anos para homens e 62 anos para mulheres.
A exigência de um tempo maior de contribuição deve ficar. O governo queria 25 anos. Agora, é de 15. Deve ficar alguma coisa entre 15 anos e 15 anos.
Não se sabe como vai ser a regra de transição. Isto é, como fica a aposentadoria de quem está perto de se aposentar. Quer dizer, para quem está perto da aposentadoria, a idade mínima vai ser menor. Mas essa discussão está totalmente aberta.
O resto da reforma, as mudanças em pensões e benefícios assistenciais, por exemplo, tudo isso deve ir para o vinagre. Não deve entrar no novo projeto de emenda constitucional.
Se o novo projeto vai ser aprovado, são outros 500.
O fato é que o governo resolver seu mexer. A impressão de que Temer havia jogado a toalha no caso da Previdência pegou muito mal. O mercado financeiro reagiu mal, indicando que pode haver piora nas condições financeiras do país se não passar reforma alguma.
No mundo político, a ideia de que Temer desistiria da reforma deu a impressão de que o governo está fraco, sem condições de aprovar mais nada de reformas no Congresso. Como o resto do governo não existe ou é muito ruim, para não dizer coisa pior, não aprovar reformas indicaria que o mandato de Temer na prática acabou.
Quando vamos saber do novo projeto de reforma? Até a semana que vem. Quando isso deve andar no Congresso? Depois do feriado da República para ser aprovado na Câmara até pouco antes do Natal.
Como Temer vai aprovar reforma rejeitada por dois terços dos brasileiros? Fazendo uma reforma ministerial, dando ministérios para o Centrão, que são os piores partidos de um Congresso já muito ruim.

Veja também