TV Gazeta Logo TV Gazeta Logo TV Gazeta +551131705643 TV Gazeta - Programação ao vivo, receitas, notícias, entretenimento, esportes, jornalismo, ofertas, novidades e muito mais no nosso site. Vem pra #NossaGazeta!
Av. Paulista, 900 - Bela Vista 01310-940 São Paulo SP BR
Logo TV Gazeta TV Gazeta - Programação ao vivo, receitas, notícias, entretenimento, esportes, jornalismo, ofertas, novidades e muito mais no nosso site. Vem pra #NossaGazeta! TV Gazeta, Receitas, Revista da Cidade, Você Bonita, Mulheres, Gazeta Esportiva, Jornal da Gazeta, Mesa Redonda, Troféu Mesa Redonda, Papo de Campeões, Edição Extra, Gazeta Shopping, Fofoca

O que chegou ou não chegou às manchetes neste 2016. E por quê

Chefe da Casa Civil, Jaques Wagner é muito próximo, é amigo da presidente Dilma.

O que chegou ou não chegou às manchetes neste 2016. E por quê Chefe da Casa Civil, Jaques Wagner é muito próximo, é amigo da presidente Dilma.
Logo do programa Jornal da Gazeta
Chefe da Casa Civil, Jaques Wagner é muito próximo, é amigo da presidente Dilma. Em entrevista a Marina Dias e Valdo Cruz, da Folha, Wagner reconheceu:

-Quem nunca comeu melado, quando come, se lambuza.

Referia-se, sem citar, a esquemas de financiamento de campanha, e corrupção, com digitais do PT. Obviamente, aos chamados "Mensalão" e "Petrolão".

No "Estadão", Daniel Bramatti, José Roberto de Toledo e Rodrigo Burgarelli rastrearam ligações do PMDB de Michel Temer e Eduardo Cunha.

Uma emenda parlamentar foi incluída por Cunha na nova Lei de Portos. Ao final, o grupo Libra, que tem disputa de mais de R$ 500 milhões com o governo federal, saiu-se bem.

Único beneficiário de uma nova brecha (legal, registre-se), o grupo renovou por 20 anos o contrato que vem desde 98, no Porto de Santos.

Em seus últimos dias no comando da Secretaria Especial de Portos, o deputado Edinho Araújo (PMDB-SP), auxiliou na renovação.

Edinho afastado dos Portos foi um dos motivos dos queixumes de Temer na já histórica "Carta a Dilma".

Mesmo candidato a vice, em 2014 Temer abriu conta jurídica. E dois sócios do Libra, arrendatário no Porto de Santos, doaram R$ 1 milhão para campanha.

Noticia apurada é dever publicar, como fez Rubens Valente, na Folha.

Carlos Alexandre, vulgo Ceará, disse ter repassado R$ 300 mil da empreiteira UTC que teria Aécio Neves como destinatário.

A denúncia do delator soa frágil, como várias outras de delatores. Se não tiver provas não resistirá.

Levou 6 meses para vazar. E isso é incomum, estranho, para padrões atuais. Mas não é estranho, como cobram, não ter sido berrado no título principal.

Estranho, ou revelador, têm sido denúncias muito mais frágeis, e sem eventuais provas conhecidas, se prestarem à Política via manchete principal e ataques à reputação.

A Política à brasileira, o "Sistema", a eterna "Crise", é o que é. Só não sabe quem não tem como, ou não quer saber.

Ou tantos que vivem do faturar com a "Crise". Seja como autores, arautos, ou críticos.
Leia mais sobre:
Siga o Jornal da Gazeta nas redes sociais