TV Gazeta TV Gazeta logo TV Gazeta +551131705643 TV Gazeta - Programação ao vivo, receitas, notícias, entretenimento, esportes, jornalismo, ofertas, novidades e muito mais no nosso site. Vem pra #NossaGazeta!
Av. Paulista, 900 - Bela Vista 01310-940 São Paulo, Brasil
TV Gazeta TV Gazeta, Receitas, Mulheres, Cozinha Amiga, Fofoca Aí, Revista da Cidade, Você Bonita, Gazeta Esportiva, Mesa Redonda, Jornal da Gazeta, Edição Extra, Gazeta Shopping TV Gazeta - Programação ao vivo, receitas, notícias, entretenimento, esportes, jornalismo, ofertas, novidades e muito mais no nosso site. Vem pra #NossaGazeta!

Judeus e palestinos erram, numa imensa tragédia

Comentário de Política Internacional, com João Batista Natali

Judeus e palestinos erram, numa imensa tragédia Comentário de Política Internacional, com João Batista Natali
Logo do programa Jornal da Gazeta
Jornal da Gazeta
"Jerusalém não é uma cidade judaica e nem muçulmana. Ela é as duas coisas ao mesmo tempo, e também uma cidade cristã.

Os Estados Unidos, ao transferirem a embaixada de Telavive para Jerusalém, passaram a ver a cidade como apenas a capital dos judeus. Historicamente, isso é uma aberração. Os muçulmanos também têm por lá seus lugares sagrados, uma parte preciosa da história deles. E os palestinos pretendem fazer do setor leste de Jerusalém a capital de um Estado, que não se tem ideia se um dia será criado.

Mas existe também uma outra aberração nos conflitos que hoje fizeram 55 mortos. O atual governo de Israel é composto por religiosos radicais, que não aceitam a existência e a reivindicação histórica dos palestinos.

Os dois lados erraram e erraram feio. Os palestinos, porque não reconheciam os direitos históricos de seus vizinhos judeus. Por isso partiram para o terrorismo e mataram centenas de inocentes. O Estado de Israel também errou e ainda está errando. É desproporcional o poderio bélico que foi usado hoje contra civis desarmados.

Entre as muitas reações internacionais, a Alemanha foi o país que mencionou com maior ênfase essa desproporcionalidade. E amanhã pode ser pior. Os palestinos se preparam para esta terça-feira. É o dia em que eles reivindicam a volta para as terras que foram há 70 anos tomadas pelos judeus para a criação do Estado de Israel.

Dois povos não cabem no mesmo território, a não ser que negociem, a não ser que dividam, a não ser que coloquem um pouco de fraternidade no atual clima, envenenado pelo ódio e pelo confronto.

Estamos diante de um duplo protesto. O primeiro é pela devolução das terras palestinas, o que nunca acontecerá. O segundo é pelo estatuto de Jerusalém como capital dos dois povos. O que não está acontecendo, porque a direita israelense e o presidente Donald Trump acreditam que Jerusalém é uma cidade exclusivamente judaica. Isso gera violência, isso gera mortes. Estamos diante de uma imensa tragédia. É assim que o mundo gira. Boa noite."

Veja também