Vídeos

 
Exclusivo

Israel e Irã se enfrentam dentro da Síria

0:00 / 0:00

"O que aconteceu ontem, no Oriente Médio, parecia o primeiro capítulo de uma longa guerra sangrenta. Militares do Irã, estacionados na Síria, lançaram 20 mísseis na direção de Israel. Minutos depois, os israelenses responderam, e lançaram 70 mísseis que danificaram ou destruíram instalações iranianas em território Sírio. Mas não vai ter guerra por enquanto.

Hoje de manhã, o Irã, em lugar de convocar reservistas e mobilizar o país, contentou-se em publicar um comunicado em que a diplomacia da República Islâmica acusava Israel de ter violado a soberania do território da Síria. O Irã não passou recibo. Fez de conta que não tinha nada a ver com os alvos dos mísseis israelenses.

Para entender o que está acontecendo, lembrem-se do mapa da região. Israel e Irã não têm fronteiras. Entre os dois, existe a Síria e o Iraque. Acontece que, para não perder a guerra civil, a ditadura de Bashar al-Assad abriu as portas da Síria e deixou o Irã entrar. Depois disso, bases militares iranianas conseguem atingir com maior facilidade alvos localizados em Israel. Não há por enquanto uma guerra. Mas Israel e o Irã estão se enfrentando dentro de um terceiro país, a Síria. Estão terceirizando.

Mas o Irã tem agora outras pulgas para se coçar. Donald Trump se retirou na terça-feira do acordo de 2015, pelo qual os iranianos estavam proibidos de construir a bomba atômica. Os Estados Unidos baixaram novas sanções econômicas contra o Irã, e começaram a pressionar para que a Europa fizesse a mesma coisa. Mas a França, a Alemanha e o Reino Unido querem salvar o acordo de 2015, e também querem continuar a comercializar com o Irã. A Rússia e a China pensam do mesmo jeito.

Na terça-feira da semana que vem, a chefe da diplomacia da União Europeia, Federica Mogherini, se reúne em Bruxelas com os ministros das relações exteriores dos três principais países europeus. Desse encontro também participa o chefe da diplomacia do Irã. É assim que o mundo gira. Boa noite."


Conteúdo disponível em Jornal da Gazeta .

O Jornal da Gazeta mostra as principais notícias do dia, reportagens exclusivas e análises feitas por comentaristas especializados.