Vídeos

 
Exclusivo

Enquanto meio mundo torce pelo Brasil, fingimos negar sentimentos e não estar nem aí

0:00 / 0:00

Bandeiras do Brasil penduradas nas janelas e paredes. Torcedores com camisetas amarelas da seleção...

...Eufóricos, amontoados em caminhões e motos, pelas ruas e becos aos gritos de "Brasil, Brasil..". Ao fundo "Aquarela do Brasil", de Ari Barroso.

No YouTube, imagens da festa nas ruas. Bangladesh pinta ruas, casas, prédios, torce pelo Brasil nas Copas do Mundo.

Desde Maradona há divisão: Bangladesh tem também torcida pela Argentina, revelou reportagem do Globo.

Haiti depois de Brasil 2 Costa Rica 0. Milhares nas ruas festejando a vitória da seleção. Na Jamaica, torcida e festa pelo Brasil. Na Índia, Angola e África afora também.

Somália em guerra, país destroçado e somalis me perguntavam em 92: como está a seleção? E Pelé?

E, antes da Copa, o Datafolha revelou: 53% dos brasileiros diziam não ter interesse nenhum, pelo Mundial.
.
Neste tarde de Brasil 2 Sérvia 0 esses 53% certamente estavam alheios à Copa...em retiro espiritual...

...Meditando, lendo, assistindo séries, programas policiais, ou religiosos... Só saberão do resultado na padaria, no ônibus...

Já os outros 47% enfiaram pés na Copa e na jaca. Antes teve debate: em protesto contra-esse-Brasil-que-está-aí se deveria ou não torcer pelo Brasil? Ou mesmo contra?
.
Eduardo Galeano, escritor uruguaio falecido em 2015, teve publicado em 2017 livro com textos sobre futebol.

Como título o que alertava cartaz pregado na porta de sua casa a cada Copa: "Cerrado por fútbol"...

...Nas Copas Galeano se trancava em casa mês inteiro, assistia os 64 jogos.

Sem deixar de criticar o que há de sujo ou ruim no negócio futebol, Galeano diz num dos textos:

-Tem intelectuais que negam os sentimentos que não são capazes de experimentar e nem, em consequência, de compartilhar...

E esses, disse Galeano, "só poderiam se referir ao futebol com caretas de desgosto, asco ou indignação".

No texto "Por que escrevo", Eduardo Galeano confessa:

-Desde bebe quis ser jogador. E fui o melhor entre os melhores (...) Mas só em sonhos... enquanto dormia...


Conteúdo disponível em Jornal da Gazeta .

O Jornal da Gazeta mostra as principais notícias do dia, reportagens exclusivas e análises feitas por comentaristas especializados.