TV Gazeta TV Gazeta logo TV Gazeta +551131705643 TV Gazeta - Programação ao vivo, receitas, notícias, entretenimento, esportes, jornalismo, ofertas, novidades e muito mais no nosso site. Vem pra #NossaGazeta!
Av. Paulista, 900 - Bela Vista 01310-940 São Paulo, Brasil
TV Gazeta TV Gazeta, Receitas, Mulheres, Cozinha Amiga, Fofoca Aí, Revista da Cidade, Você Bonita, Gazeta Esportiva, Mesa Redonda, Jornal da Gazeta, Edição Extra, Gazeta Shopping TV Gazeta - Programação ao vivo, receitas, notícias, entretenimento, esportes, jornalismo, ofertas, novidades e muito mais no nosso site. Vem pra #NossaGazeta!

Desemprego aumenta, e governo parece perdido

Desemprego aumenta, e governo parece perdido
Logo do programa Jornal da Gazeta
Jornal da Gazeta
O desemprego continua avançando e em ritmo cada vez mais acelerado, especialmente em relação ao ano passado, quando a situação era de quase pleno emprego. O pior é que isso está ocorrendo numa época em que o desemprego deveria perder força, já que a proximidade do final do ano sempre dá um fôlego à mais na geração de vagas. Só que agora tem uma recessão pesada, que já prejudica também o rendimento médio do trabalhador e a qualidade do emprego. Muita gente demitida acaba tendo de trabalhar sem carteira assinada ou por conta própria. As vagas informais cresceram 60 mil só de junho pra julho. E as perspectivas são ruins. Só estão saindo dados mais fracos da indústria, da construção, do comércio, dos serviços. E o governo parece perdido em relação a essa questão do emprego. Não tem uma estratégia. Veio com aquela proposta de redução de salários e jornada de trabalho, que como estamos vendo, não está conseguindo frear muito as demissões. Acordos nesse sentido estão ocorrendo, mas em outras bases, já que a medida favorece empresas que já estavam demitindo. Nesta semana voltou àquela velha prática de privilegiar determinados setores, garantindo crédito mais barato, nos bancos estatais, para o segmento automobilístico, por exemplo. Como se um setor ou os empregos de um setor fossem melhores que de outros. E ontem garantiu, no Congresso, a oneração da folha de salários. Aumentou a tributação para as empresas, o que pode resultar em mais demissões. A indústria reclamou, alertou, apresentou propostas alternativas, mas nada. O governo quer reforçar o Caixa, pra garantir um saldo positivo das contas. A indústria já prevê até uns 200 mil cortes a mais por causa dessa mudança. O que devemos ter pela frente é mais recessão e desemprego, afetando a geração de impostos, o que dificulta o cumprimento da meta fiscal, de superávit das contas do governo. Enfim, pode ser mais um tiro no pé. Eu volto na segunda.

Veja também