TV Gazeta ícone da TV Gazeta ícone da TV Gazeta +551131705643 TV Gazeta - Programação ao vivo, receitas, notícias, entretenimento, esportes, jornalismo, ofertas, novidades e muito mais no nosso site. Vem pra #NossaGazeta!
Av. Paulista, 900 - Bela Vista 01310-940 São Paulo SP BR
ícone da TV Gazeta TV Gazeta - Programação ao vivo, receitas, notícias, entretenimento, esportes, jornalismo, ofertas, novidades e muito mais no nosso site. Vem pra #NossaGazeta! TV Gazeta, Receitas, Revista da Cidade, Você Bonita, Mulheres, Gazeta Esportiva, Jornal da Gazeta, Mesa Redonda, Troféu Mesa Redonda, Papo de Campeões, Edição Extra, Gazeta Shopping, Fofoca

Delcídio, Esteves e Bumlai presos, floreios do juiz... e o alvo é Lula

Preso na Lava-Jato, o líder do governo Dilma no Senado, Delcídio Amaral, do PT (MS), é uma bomba ambulante.

Delcídio, Esteves e Bumlai presos, floreios do juiz... e o alvo é Lula Preso na Lava-Jato, o líder do governo Dilma no Senado, Delcídio Amaral, do PT (MS), é uma bomba ambulante.
Logo do programa Jornal da Gazeta
Preso na Lava-Jato, o líder do governo Dilma no Senado, Delcídio Amaral, do PT (MS), é uma bomba ambulante.

Como se ouve na conversa gravada que provocaria sua prisão, Delcídio tem língua solta.

Em novembro, Delcídio procurou Bernardo, filho de Nestor Cerveró, ex-diretor da Petrobras então já preso e delatando.

Em duas conversas, Delcidio sugeriu rotas de fuga, e ofereceu ao filho de Cerveró R$ 50 mil mensais pelo silêncio do pai delator.

Se fosse crime também a burrice, Delcídio teria pena alongada.

E longa é a carreira de Delcídio em governos, sempre na área de Energia.

Delcídio foi diretor de gás e energia da Petrobras entre 1999 e 2001, no governo Fernando Henrique, indicado por Jáder Barbalho e sua facção no PMDB.

No governo Itamar, Delcídio chegou a ser ministro das Minas e Energia e presidiu o Conselho de Administração da Vale do Rio Doce.

Preso também o banqueiro do BTG Pactual, André Esteves. "Audacioso" e "brilhante", segundo as Mídias do Mercado, e dono de fortuna estimada em mais de 2 bilhões de dólares.

Há tempos investigado pela Lava-Jato, André Esteves foi preso por suspeição de ser o financiador nessa patética, grotesca tentativa de compra do silêncio do delator Cerveró.

Na terça, 24, preso foi o pecuarista Bumlai, outra bomba ambulante. Bumlai se apresentava como "amigo de Lula".

Na decisão em que mandou prender o pecuarista, o Juiz Moro escreveu:

-Não há nenhuma prova de que o ex-presidente (Lula) estivesse de fato envolvido em ilícitos.
.
Acrescentou o juiz:
.
-O comportamento recorrente (de Bumlai) levanta natural receio de que o nome (de Lula) seja de alguma maneira, mas indevidamente, usado na investigação ou instrução.

Moro disse ainda que Bumlai solto poderia "causar danos não só ao processo, mas também à reputação de Lula".

Lula deve ter ido dormir comovido diante da preocupação do juiz Moro com sua reputação.

Ao acordar nesta quarta, 25, e saber das manchetes gritando "Amigo de Lula é preso", talvez, quiçá Lula tenha pensado, já algo desconfiado:

-Tô começando a achar que o alvo sou eu...

Durma-se com um barulho desses...
Leia mais sobre:
Siga o Jornal da Gazeta nas redes sociais