TV Gazeta TV Gazeta logo TV Gazeta +551131705643 TV Gazeta - Programação ao vivo, receitas, notícias, entretenimento, esportes, jornalismo, ofertas, novidades e muito mais no nosso site. Vem pra #NossaGazeta!
Av. Paulista, 900 - Bela Vista 01310-940 São Paulo, Brasil
TV Gazeta TV Gazeta, Receitas, Mulheres, Cozinha Amiga, Fofoca Aí, Revista da Cidade, Você Bonita, Gazeta Esportiva, Mesa Redonda, Jornal da Gazeta, Edição Extra, Gazeta Shopping TV Gazeta - Programação ao vivo, receitas, notícias, entretenimento, esportes, jornalismo, ofertas, novidades e muito mais no nosso site. Vem pra #NossaGazeta!

Crise é hora de encarar desafios

Comentário de Economia, com Denise Campos de Toledo.

Crise é hora de encarar desafios Comentário de Economia, com Denise Campos de Toledo.
Logo do programa Jornal da Gazeta
Jornal da Gazeta
Não é exatamente a crise que cria grandes oportunidades, como diz o velho ditado, mas são as pessoas que, diante das dificuldades, usam toda criatividade pra descobrir oportunidades que, muitas vezes, podem ir bem além de conseguir driblar a crise. Mais que a sobrevivência, a criatividade pode virar uma chance de progresso muito maior. A tranquilidade dos períodos de crescimento pode levar ao imobilismo, muitas vezes, mais nocivo que a própria crise. Sem perceber, o profissional pode não acompanhar as mudanças do mercado de trabalho, as empresas perdem terreno para a concorrência. Em tempos de crise, pior: o imobilismo pode ser fatal. O melhor é arregaçar as mangas e encarar os desafios. Desempregados podem começa a trabalhar por conta própria ou partir pra atividades que não imaginavam ter vocação. Se a situação está difícil, não dá escolher muito, insistir em ficar na mesma área, não aceitar um salário menor. Pode ser a ponte para uma mudança benéfica de carreira. Quem está endividado tem que cortar custos, renegociar dívidas, tentar garantir receita extra. Guardadas as diferenças, é mais ou menos o que os empresários têm que fazer. Enxugar as despesas, sem comprometer a própria atividade, o bom atendimento, se ajustando às novas condições do mercado, ao novo perfil ou necessidades da clientela. É preciso tomar cuidado para o ajuste não levar a um retrocesso definitivo. Mesmo desempregado, o trabalhador tem de cuidar da própria formação, pra acompanhar as novas exigências do mercado de trabalho. Caso contrário, pode continuar excluído, mesmo quando houver uma reação. Funções desaparessem ou surgem com muita rapidez, passam por grandes mudanças. E a empresa que só pensa em se equilibrar financeiramente, enxugando tudo que pode, sem buscar maior produtividade, inovação, atratividade, pode perder terreno pra concorrência mais esperta. Não basta sobreviver. É preciso se preparar pra retomada e tentar antecipar essa retomada. Eu volto na quinta. Até lá.

Veja também