TV Gazeta TV Gazeta logo TV Gazeta +551131705643 TV Gazeta - Programação ao vivo, receitas, notícias, entretenimento, esportes, jornalismo, ofertas, novidades e muito mais no nosso site. Vem pra #NossaGazeta!
Av. Paulista, 900 - Bela Vista 01310-940 São Paulo, Brasil
TV Gazeta TV Gazeta, Receitas, Mulheres, Cozinha Amiga, Fofoca Aí, Revista da Cidade, Você Bonita, Gazeta Esportiva, Mesa Redonda, Jornal da Gazeta, Edição Extra, Gazeta Shopping TV Gazeta - Programação ao vivo, receitas, notícias, entretenimento, esportes, jornalismo, ofertas, novidades e muito mais no nosso site. Vem pra #NossaGazeta!

Brasil e Israel: sete meses de confusão idiota

Quando dois países têm um litígio sério, eles partem para a guerra. Se o litígio é coisa pequena, eles partem para o diálogo.

Brasil e Israel: sete meses de confusão idiota Quando dois países têm um litígio sério, eles partem para a guerra. Se o litígio é coisa pequena, eles partem para o diálogo.
Logo do programa Jornal da Gazeta
Jornal da Gazeta
Quando dois países têm um litígio sério, eles partem para a guerra. Se o litígio é coisa pequena, eles partem para o diálogo. Eu estou falando do Brasil e de Israel, que se meteram numa confusão idiota. Tudo começou em agosto, quando o primeiro-ministro israelense, Benyamin Netanyahu, anunciou pelo twiter que o próximo embaixador no Brasil seria Dani Dayan.
Não é assim que se faz. Primeiro ele deveria ter submetido discretamente o nome do diplomata para que o Itamaraty dissesse que estava de acordo. Netanyahu forçou a barra. E o Brasil pulou de lado. Disse que não aceitava Dayan, porque ele é um ativista pela colonização de terras palestinas, em Jerusalém Oriental e na Cisjordânia. Dayan também se opõe à criação de um Estado Palestino.
O Brasil não precisa estar de acordo com os diplomatas estrangeiros que chegam aqui como embaixadores. Mas o Itamaraty deixou de defender apenas os interesses do Brasil. Começou também a defender os interesses do partido político da presidente Dilma. É coisa de caipira, é coisa de diplomacia venezuelana. Pois só ontem, segunda-feira, Israel anunciou que Dani Dayan desistiu do Brasil, e seria cônsul em Nova York. A queda de braço durou sete meses. Enquanto isso, as relações entre Brasil e Israel ficaram congeladas. Não é só o Brasil que defende a criação de um Estado Palestino. A ONU também defende. E a ONU tem razão. O Brasil e Israel têm essa divergência. Mas é por causa das divergências que a humanidade inventou a diplomacia. O fato é que, com essa teimosia dos dois lados, o Brasil deixou de fechar acordos na área militar. Israel é um grande exportador mundial de tecnologia. Eles sabem dessalinizar as águas do mar. Sabem transformar água de esgoto em água para a irrigação da agricultura. O Brasil hoje exporta para Israel 380 milhões de dólares. E importa muito mais que isso, quase 900 milhões. Está na hora de reequilibrar esse comércio. Mas para isso é preciso ter relações diplomáticas tranquilas. É assim que o mundo gira. Boa noite.

Veja também