TV Gazeta TV Gazeta logo TV Gazeta +551131705643 TV Gazeta - Programação ao vivo, receitas, notícias, entretenimento, esportes, jornalismo, ofertas, novidades e muito mais no nosso site. Vem pra #NossaGazeta!
Av. Paulista, 900 - Bela Vista 01310-940 São Paulo, Brasil
TV Gazeta TV Gazeta, Receitas, Mulheres, Cozinha Amiga, Fofoca Aí, Revista da Cidade, Você Bonita, Gazeta Esportiva, Mesa Redonda, Jornal da Gazeta, Edição Extra, Gazeta Shopping TV Gazeta - Programação ao vivo, receitas, notícias, entretenimento, esportes, jornalismo, ofertas, novidades e muito mais no nosso site. Vem pra #NossaGazeta!

As projeções econômicas no governo Bolsonaro

Comentário de Economia, com Denise Campos de Toledo.

As projeções econômicas no governo Bolsonaro Comentário de Economia, com Denise Campos de Toledo.
Logo do programa Jornal da Gazeta
Jornal da Gazeta
As declarações do novo governo, de Bolsonaro, do vice Mourão, de Paulo Guedes e equipe, indicam uma gestão liberal da economia, com foco em reformas, como da Previdência, tributária e administrativa, além de um amplo programa de privatizações e concessões. Paralelamente deve haver uma redução da burocracia, de gargalos que afetam o ambiente de negócios.

Ser empresário no País deve ficar mais fácil, como diz o presidente. Agora é ver como tudo isso vai funcionar na prática. Qual o real espaço político pra se levar adiante esta agenda, fora e dentro do governo. Bolsonaro, no histórico como deputado e mesmo em alguns comentários mais recentes, deixa em aberto possíveis restrições em relação às reformas e privatizações. Propostas que devem enfrentar resistência da sociedade, do funcionalismo, de políticos e até da Justiça. Basta ver as manifestações, votações e guerra de liminares de iniciativas nesse sentido, nas várias esferas de governo.

Por mais que o novo presidente conte com forte apoio popular e tenha ocorrido uma ampla renovação do Congresso não dá pra saber o quanto isso irá colaborar no encaminhamento da agenda. Até mesmo eleitores, por mais que o apoiem, podem não endossar propostas que mexam em temas como aposentadoria.

Agora, as mudanças são urgentes. Tanto para tirar as finanças públicas do vermelho, situação que deixa o governo sem espaço até para adoção de medidas de estímulo à retomada econômica, como para garantir maior confiança dos agentes econômicos e do mercado, que pode facilitar bastante o andamento da economia.

Muitas empresas têm caixa e projetos de expansão, inovação, e aguardam apenas uma maior segurança quanto às perspectivas da economia. O mercado, impaciente, também espera a definição da agenda. Qualquer frustração pode levar a reações negativas, com implicações sobre a economia. Não adianta menosprezar essas reações, atribuindo à especulação ou busca por mais lucros, porque têm impacto concreto. É o que acontece, por exemplo, quando o dólar sobe muito.

O novo governo tem uma oportunidade enorme de executar as mudanças necessárias para colocar a economia nos eixos. É torcer para que consiga.

Veja também