TV Gazeta TV Gazeta logo TV Gazeta +551131705643 TV Gazeta - Programação ao vivo, receitas, notícias, entretenimento, esportes, jornalismo, ofertas, novidades e muito mais no nosso site. Vem pra #NossaGazeta!
Av. Paulista, 900 - Bela Vista 01310-940 São Paulo, Brasil
TV Gazeta TV Gazeta, Receitas, Mulheres, Cozinha Amiga, Fofoca Aí, Revista da Cidade, Você Bonita, Gazeta Esportiva, Mesa Redonda, Jornal da Gazeta, Edição Extra, Gazeta Shopping TV Gazeta - Programação ao vivo, receitas, notícias, entretenimento, esportes, jornalismo, ofertas, novidades e muito mais no nosso site. Vem pra #NossaGazeta!

Aprenda a técnica Shibori

Tati Polo ensina o passo a passo da técnica milenar de tintura em tecido!

Aprenda a técnica Shibori Tati Polo ensina o passo a passo da técnica milenar de tintura em tecido!
Logo do programa Revista da Cidade
Revista da Cidade
Materiais para a Canga:

Tecido 100 % algodão 70x180 cm

30 g de leite de soja

15 g de pedra Hume

Bolinhas de gude ou Bolinhas de cerâmica

Elástico de látex ou barbante

Caneta invisível

Régua

 

Materiais para o Tingimento Natural:

 77 g de semente de urucum

200 ml de água

100 ml de álcool

1 colher (chá) de bicarbonato

1 pilão

1 coador

 

Modo de Preparo:

1 - Preparação do tecido:

Colocar o tecido em uma bacia com uma quantidade de água que cubra todo o tecido. Dilua o leite de soja em um pouco de água fria e acrescente nessa bacia. Deixar de molho ou cozinhar por 1 hora. Deixar esfriar e enxaguar. Depois repita esse procedimento, mas agora acrescentando a pedra hume diluída em água quente. Cozinhar por 40 minutos, deixar esfriar e enxaguar em água corrente. Deixar secar e passar o ferro. Depois disso o tecido está pronto para receber as amarrações. Esse preparo é para facilitar a absorção da tintura que vamos fazer.

 

2 – Amarrações:

Depois do tecido preparado, dobre ele ao meio para facilitar as demarcações que vamos fazer. Com uma régua e a caneta invisível faça uma bainha de 10 cm nas bordas para evitar que a canga desfie. Com o tecido sob uma bancada, pegue bolinhas de gude ou bolinhas de cerâmica, de tamanhos diferentes, e coloque na parte de baixo do tecido e prenda com elástico, fazendo como se fosse “trouxinhas” por todo tecido. O importante dessa amarração é que fique bem firme para que a tinta não penetre nas demarcações que devem estar protegidas do corante, pois é isso que vai dar o efeito no tecido. Feito isso é só  seguir as instruções do próximo passo que é tingir. Depois do processo de tingimento desamarre os elásticos ou os barbantes.

 

3- Para extrair o corante natural:

Macerar a semente suavemente com um pouco de água e álcool para extrair o corante do urucum. Depois colocar o restante da água e do álcool e deixar descansar por no mínimo 2 horas, macerando um pouco de vez em quando.

Cozinhe essa mistura por 1 hora em uma panela que você não use para cozinhar alimentos. Fique atenta para a água não secar. Depois disso, coar e reservar para tingir o tecido.

 

4 – Tingimento:

Após feito a amarração do shibori, umedecer o tecido em água. Depois coloque água em uma panela, o suficiente para cobrir todo o tecido. Despejar a tintura coada e o tecido na panela. Certifique-se de que a tintura está sendo absorvida por toda a superfície do tecido. Cozinhar em fogo médio por 1 hora, mexendo constantemente com uma colher de pau. Deixar esfriar e enxaguar em água corrente. Secar na sombra e quando for lavar, utilize sabão de coco.

Veja também