A Máquina captura Martha Medeiros

Nesta terça-feira (15/12) a Máquina recebe a jornalista e escritora Martha Medeiros. Conhecido por suas expedições marítimas, Amyr fez a sua primeira travessia solitária a remo do Atlântico Sul em 1984 e dois anos depois realizou a primeira de suas 15 viagens à Antártica.

 
Martha Medeiros nasceu em Porto Alegre, Rio Grande do Sul, no dia 20 de agosto de 1961. É formada em Comunicação Social. Fez sua carreira na área de publicidade e propaganda. Trabalhou em agências de propaganda nos setores de criação e redação.
Em 1985 publicou seu primeiro livro de poesias, “Strip-Tease”. Publicou “Meia Noite e Um Quarto” (1987) e “Persona Non Grata” (1991). Em 1993, abandonando a carreira publicitária, mudou-se para o Chile, onde permaneceu por nove meses se dedicando à poesia.
Martha Medeiros, entre outros livros, publicou: “De Cara Lavada” (1995), “Geração Bivolt” (1995), seu primeiro livro de crônicas, “Santiago do Chile” (1996), “Topless” (1997) que recebeu o Prêmio, Açorianos de Literatura, e “Trem Bala” (1997), que foi adaptado para o teatro.
Seu romance “Divã” (2002) foi adaptado para o cinema e para uma minissérie para a TV. Entre outras obras, Martha escreveu um livro infantil “esquisita Como Eu” (2004). Como jornalista, escreve crônicas para o jornal Zero Hora. Colabora também para outras publicações.