Como fugir do aumento das tarifas de transporte em São Paulo

Por: Marcio Salles / Site TV Gazeta

onibus

O prefeito de São Paulo, Fernando Haddad (PT), e o governador estadual Geraldo Alckmin (PSDB) firmaram um acordo que reajusta as tarifas de ônibus, metrô e trem a partir de 9 de janeiro de 2016, próximo sábado.

O bilhete unitário sofrerá um aumento de 8,57%, passando dos atuais R$ 3,50 para R$ 3,80. Com isso, a tarifa com integração entre ônibus e trilhos também aumentou, passando de R$ 5,45 para R$ 5,92. As tarifas dos bilhetes mensal, semanal, diário e madrugador permanecem congeladas.


Impacto no bolso

Os ajustes das tarifas, embora abaixo da inflação do ano (que ficou em 10,53%), significam um gasto mensal maior para trabalhadores e empresários.

Se uma pessoa trabalha 20 dias úteis no mês e utiliza dois transportes por dia, um na ida e um na volta (sem integração ônibus/metrô), o seu custo deve aumentar R$ 12,00, indo de R$ 140,00 para R$ 152,00 mensais.

Entretanto, existe uma forma de ‘driblar’ o aumento: o Bilhete Único Mensal teve seu valor congelado em R$ 140,00 para quem utiliza apenas um dos meios – ônibus ou trilhos – e em R$ 230,00 para quem utiliza a integração – ônibus e trilhos.

Isso significa que, ao optar pela modalidade, você conseguiria manter a passagem diária em R$ 3,50 (ou R$ 4,65 para integração). Se você utiliza o transporte público mais de 20 dias no mês, não há dúvidas: a migração para o Bilhete Único Mensal é com certeza mais econômica.

 

Bilhete Único Mensal

O Bilhete possibilita que os usuários do transporte coletivo paguem uma tarifa mensal fixa e usufruam do serviço de transporte durante o período de um mês. Ao final do mês, é necessário pagar novamente a tarifa mensal para reativar o serviço.

Nos novos cartões é possível também incluir créditos avulsos. Nestes casos, ao encostar o seu bilhete para pagar por uma viagem, o validador buscará primeiro os créditos mensais. Caso eles não estejam disponíveis, ele automaticamente buscará pelos créditos avulsos.


Como solicitar o seu

Para adquirir os benefícios do Bilhete Único Mensal, é necessário fazer um cadastro no site da SPTrans. Para isso, siga os passos abaixo:

1. Acesse http://bilheteunico.sptrans.com.br/comum.aspx e faça o cadastro para o “Novo Bilhete Único”.
2. Preencha o formulário com os seus dados. É necessário incluir uma foto recente digitalizada.
3. Aguarde o e-mail da Prefeitura, informando quando e onde retirar seu cartão.
4. Escolha a sua recarga nos postos de atendimento. É necessário informar se você fará a compra de créditos para uso exclusivo em ônibus ou trilhos (R$ 140,00), ou se haverá integração (R$ 230,00).


Evolução da Tarifa (desde 1994)

tarifa_onibus_metro_evolucaoClique na imagem para aumentar.

Conteúdo disponível em TV Gazeta .

Na TV Gazeta você acompanha as principais novidades da nossa programação e tem acesso a conteúdos exclusivos, além de assistir nossa programação 24h ao