“A Máquina” recebe o surfista Carlos Burle

 

Nesta terça-feira, 26 de abril, o programa “A Máquina”  da TV Gazeta recebe o surfista Carlos Burle.

Na entrevista com Fabrício Carpinejar, o campeão mundial, reconhecido por surfar a maior onda do mundo com 22,6m em Mavericks na California fez um desabafo sobre o método para medições de onda: “Enquanto a entidade não mudar o sistema de medição das ondas e passar para a mão de cientistas e oceanógrafos dos quatros cantos do mundo, é ridículo”, contou Carlos que já chegou a surfar uma onda de até 30 metros, medida por especialistas, em Portugal.

Com uma longa carreira no esporte, o atleta fala sobre as dificuldades da profissão no passado: “Eu sou da época em que surfista era vagabundo e estava relacionado a droga, maconheiro”, e confessando o uso, explicou: “A grande viagem da minha vida era o autoconhecimento. Naquele momento para participar do esporte, para ser aceito, era importante que eu cultivasse esse pensamento”.

Durante a entrevista, o surfista revelou um dos momentos mais importantes da carreira: “Realmente fez a diferença na minha vida a transmissão de um campeonato ao vivo na onda de Jaws, que é uma onda linda e gigante, e aquilo para mim foi o momento que eu olhei e falei ‘agora posso me aposentar”.  Ainda ligado com o mar, Burle adianta o futuro lançamento de seu livro, o projeto “Descontruindo Imagens”, explicando: “Tem duplo sentido, descontruindo a imagem de Carlos Burle e desconstruindo a imagem do meu esporte”.

O programa vai ao ar nesta terça-feira, 26 de abril, às 22h30 na TV Gazeta.


Conteúdo disponível em A Máquina .

A Máquina é o personagem central de um programa de entrevistas diferente: ela é quem conduz a conversa entre seu apresentador e seu convidado "capturado".