Fabrício Carpinejar recebe a youtuber Jout Jout

 

Na próxima terça-feira, 9 de agosto, o programa “A Máquina” da TV recebe a youtuber Julia Tolezano. Em entrevista ao apresentador Fabrício Carpinejar, a criadora do “Jout Jout, Prazer” fala sobre o canal, suas inspirações e seu público.

Com mais de 900 mil inscritos, Julia compartilha um pouco sobre a semelhança entre a vida real e a virtual: “Eu sempre fui assim desse jeito que eu sou e aí as pessoas achavam isso agradável”, contou a youtuber. Chamada por Jout Jout, nome do canal, ela comenta não ser um problema: “Quando eu estou numa esfera particular eu falo Julia e na esfera do canal eu falo Jout Jout, mas a pessoa e a personalidade é a mesma coisa”.

Com milhões de visualizações já alcançadas, ela revela suas inspirações: “A gente pode estar num bar conversando e aí surge um tema que eu falo que pode dar um vídeo, aí já elaboro na minha cabeça”, exemplifica. “Essa é a filosofia do canal, é pegar uma crisezinha e falar ‘tá tranquilo’”, brinca Julia que recentemente lançou o livro “Tá todo mundo Mal”, seguindo a mesma linha do canal.

Apesar do crescimento, ela conta que a popularidade nem sempre foi fácil: “Eu não era engajada e aí eu fui ficando porque fazia muito sentido para mim na hora. Só que você se engajar em uma coisa específica, faz as pessoas quererem que você se engaje em tudo”. E contou mais sobre a pressão dos seguidores: “Eu sou feminista, eu incentivo o feminismo, só que eu faço isso do meu jeitinho suave de ser. Existiu por muito tempo uma cobrança muito grande de eu ser mais agressiva”.

Durante a entrevista, Jout Jout ainda comenta a reação da família com sua ocupação aos 25 anos: “Meu pai falou que eu descobri meu poder”, e ainda afirma: “gosto muito do trabalho que eu faço”.

O programa vai ao ar na próxima terça-feira, 09 de agosto, às 23h30.


Conteúdo disponível em A Máquina .

A Máquina é o personagem central de um programa de entrevistas diferente: ela é quem conduz a conversa entre seu apresentador e seu convidado "capturado".