Fabrício Carpinejar entrevista Pedro Cardoso em “A Máquina”

Créditos: Ricardo Nóbrega

 

Nesta terça-feira, 2 de agosto, o ator Pedro Cardoso é o convidado do programa “A Máquina”, da TV Gazeta. Na entrevista com Fabrício Carpinejar, ele falou sobre o trabalho atual, televisão e seus arrependimentos.

Em cartaz com a peça “O Homem Primitivo”, em São Paulo, Pedro comentou sobre sua relação com o palco: “Eu sou um homem de teatro. A televisão foi uma circunstância econômica”. Sucesso na televisão com o personagem Agostinho Carrara, em Grande Família, ele falou sobre a fase na Rede Globo: “A TV oferecia uma coisa que era muito fascinante, que era um salário fixo. A vida econômica organizada ajuda a organizar um pouco a sua relação com o mundo”.

Pedro também falou sobre os caminhos da fama: “Ganhei muito dinheiro na publicidade, mas com profunda angústia”. Fruto do reconhecimento na série, ele contou sobre: “Me arrependo de ter feito alguns filmes de publicidade sobre produtos, mesmo agressivos, como planos de saúde. A gente sabe que o plano de saúde vive no Brasil da falência da saúde pública”. E ainda justificou: “Fiz coisas que eu não acho que foram boas para quem viu, não tenho orgulho”.

Hoje, com uma carreira mais tranquila, o ator refletiu sobre os aprendizados do ofício: “A estrutura profissional que eu conheci, mesmo em televisão ou teatro, é uma estrutura que poda muito a liberdade dos artistas envolvidos”.

Sobre o atual trabalho no qual também é Diretor, explicou: “A peça não é depressiva e nem deprimente, ela propõe uma reflexão sobre as razões mais profundas”.

Ainda no programa, ele criticou a geração atual e desabafou: A vida no Brasil é muito dura para quem não tem dinheiro. Os serviços públicos são muito ruins”. E completou: “A gente que ganhar dinheiro para sair do serviço público”.

O programa vai ao ar na próxima terça-feira, 02 de agosto, às 23h30.


Conteúdo disponível em A Máquina .

A Máquina é o personagem central de um programa de entrevistas diferente: ela é quem conduz a conversa entre seu apresentador e seu convidado "capturado".