Envelhecimento é o tema do Edição Extra de janeiro

Por: Redação / Site TV Gazeta

O primeiro Edição Extra de 2018, exibido no próximo domingo, vai abordar as novas maneiras de envelhecer. Encontramos três histórias que mostram as diferentes formas de viver as fases da vida: a de Neide Mendes de Moraes, uma dançarina de 67 anos; a de Adriana Potomati, uma empresária de 46 anos; e a de Kika Bado, uma ex-jogadora de vôlei de 46 anos também.

O programa conta com duas convidadas especiais, a Marilena Borges e a Marilei Machado, que vão comentar as histórias de nossas personagens.

Acompanhamos um pouco da rotina da Neide, uma senhora fora do comum. Dançarina de jazz há 36 anos, tem tatuagens e piercings na orelha. Neide namora com um homem de 49 anos que conheceu na escola de samba onde sai na ala das baianas. Viúva há seis anos, diz não se preocupar com a idade, e sim com a saúde, fazendo exercícios e dieta regularmente.

Neide Mendes de Moraes, 67 anos.

 

Adriana é empresária e bióloga e passou por um período de estresse pós-traumático após dedicar longos anos para a recuperação do marido, que estava com câncer. Superados os momentos difíceis, ela percebeu como havia perdido sua vaidade ao longo do tempo e iniciou uma nova jornada em busca do equilíbrio em sua aparência: fez dietas, exercícios físicos e, com muito orgulho, diversas intervenções cirúrgicas.

“Uma coisa é você procurar um procedimento estético pra melhorar alguma coisa, pra você fazer uma correção, pra você ir mais pro belo… Outra coisa é você ir pros procedimentos estéticos não querendo envelhecer, não aceitando seu tempo na vida”, afirma Adriana Potomati.

 

Adriana Potomati, 46 anos.

Já Kika foi uma jogadora de vôlei da Seleção Brasileira que se aposentou aos 37 anos, quando sentiu que seu corpo já não acompanhava o ritmo exigido para os profissionais. Ela comenta sobre as lesões que teve ao longo da carreira e como a idade foi afetando seu desempenho profissional. Depois da decisão de parar, Kika conta que começou a sentir muita falta do exercício e teve que substituir o vôlei por opções mais leves e de menor intensidade, como a caminhada, a musculação e a natação.

 

Kika Bado, 46 anos.

 

Não perca!

É domingo, 7 de janeiro, às 23h30, aqui na TV Gazeta!


Conteúdo disponível em Edição Extra .

O programa inaugura, a cada exibição, um experimento em produção documental, que vai fundo em temas de relevância social por meio de diferentes formatos.