TV Gazeta TV Gazeta logo TV Gazeta +551131705643 TV Gazeta - Programação ao vivo, receitas, notícias, entretenimento, esportes, jornalismo, ofertas, novidades e muito mais no nosso site. Vem pra #NossaGazeta!
Av. Paulista, 900 - Bela Vista 01310-940 São Paulo, Brasil
TV Gazeta TV Gazeta, Receitas, Mulheres, Cozinha Amiga, Fofoca Aí, Revista da Cidade, Você Bonita, Gazeta Esportiva, Mesa Redonda, Jornal da Gazeta, Edição Extra, Gazeta Shopping TV Gazeta - Programação ao vivo, receitas, notícias, entretenimento, esportes, jornalismo, ofertas, novidades e muito mais no nosso site. Vem pra #NossaGazeta!

Curiosidade Mecânica - Eric Nepomuceno

EDUARDO GALEANO E CRISIS

foto 1
Fonte da foto: http://www.cambio.bo/

Eric Nepomuceno conta na Máquina que conheceu o escritor Eduardo Galeano na época que o mesmo estava com o projeto da revista Crisis.

Eduardo Hughes Galeano foi um jornalista e escritor uruguaio. Autor de mais de quarenta livros, que já foram traduzidos em diversos idiomas. Suas obras transcendem gêneros ortodoxos, combinando ficção, jornalismo, análise política e história.

Crisis era uma revista política e cultural publicada em Buenos Aires, Argentina, da qual Eduardo Galeano foi o editor chefe. A primeira edição da Crisis chegou às ruas em uma quarta-feira, 3 de maio, 1973, no mesmo dia em que o general Alejandro Lanusse instaurava a lei marcial (sistema de leis que tem efeito quando uma autoridade militar toma o controle da administração ordinária da justiça) em Buenos Aires, Mendoza, Santa Fé e Tucuman, em resposta ao ataque que tirou a vida do almirante Hermes Quijada.

No mesmo ano, com o golpe militar do Uruguai, Galeano foi preso e mais tarde seu nome foi colocado na lista dos esquadrões da morte. Temendo por sua vida, exilou-se na Espanha, onde deu início à trilogia Memória do Fogo.

GABRIEL GARCIA MARQUEZ

foto 2
Fonte da foto: http://www.esquerda.net/

Ao falar sobre guiar a vida através do afeto, Eric cita Gabriel Garcia Marquez, que definia amizade como: “É você ter memórias em comum”, “a regra da máfia: lealdade, solidariedade, generosidade e silêncio”.

Gabriel José García Márquez foi um escritor, jornalista, editor, ativista e político colombiano. Considerado um dos autores mais importantes do século XX, foi um dos escritores mais admirados e traduzidos no mundo, com mais de 40 milhões de livros vendidos em 36 idiomas.

Foi laureado com o Prémio Internacional Neustadt de Literatura em 1972, e o Nobel de Literatura de 1982 pelo conjunto de sua obra que, entre outros livros, inclui o aclamado Cem Anos de Solidão. Foi responsável por criar o realismo mágico na literatura latino-americana.

 FERNANDO GASPARIAN E O OPINIÃO

foto 3
Fonte da foto: http://www.oexplorador.com.br/

Em 1973 Eric viajou para Buenos Aires com um envelope que lhe foi dado pelo editor Fernando Gasparian.
Fernando Gasparian foi um empresário, editor e político brasileiro. Em março de 1964, enquanto boa parte da elite brasileira apoiava o golpe militar, Gasparian voltou-se radicalmente contra o regime.

Com dificuldades financeiras no governo Médici – que cortou as linhas de créditos do banco do Brasil, principal financiador de sua empresa têxtil, a América Fabril – o empresário exilou-se na Inglaterra, em 1969. Mas não se acovardou. Voltou ao país três anos depois, em pleno AI-5, para fundar o “Opinião”, o incendiário jornal de resistência à ditadura.

Lançar um jornal de oposição em plena vigência do AI-5 foi considerado suicídio político por alguns amigos, mas Gasparian bateu o pé. Convocou jovens jornalistas e formou um conselho editorial imbatível, formado pela nata intelectual do país.
No exterior, Gasparian fez acordos editorais com jornais progressistas da época, como Le Monde, The Guardian e Financial Times, com o claro objetivo de blindar o opinião contra eventuais ataques do regime militar. A presença de um conselho editorial respeitável também contribuiu para fortalecer politicamente o jornal.

 PEDRO MALAN 

foto 4
Fonte da foto: http://veja1.abrilm.com.br/

Ao falar sobre o Brasil, e sua memória anestesiada, Eric cita uma frase de Pedro Malan: “No Brasil, até o passado é imprevisível.” Pedro Sampaio Malan é um engenheiro eletricista, contador e economista tendo sido professor da PUC-Rio. Formou-se engenharia elétrica pela Escola politécnica da PUC-Rio em 1965, e conquistou um doutorado em economia pela Universidade de Berkeley. Malan trabalhou para o governo de Fernando Collor de Mello como negociador responsável pela reestruturação da dívida externa brasileira nos termos do Plano Brady, redução da dívida pública, reformas do estado e pela condução do plano de privatização e abertura comercial. Foi um dos arquitetos do Plano Real. Ele foi Ministro da Fazenda durante os dois mandatos de FHC.

RICARDO DARÍN

foto 5
Fonte da foto: http://lounge.obviousmag.org/

Eric se surpreendeu com a entrevista que fez com Ricardo Darín no programa Sangue Latino.

Ricardo Darín é um ator e diretor argentino. Tendo atuado por diversos anos em séries de televisão e migrado posteriormente para o teatro e o cinema, é considerado atualmente como um dos melhores e mais populares atores de seu país. Seus papéis mais importantes no cinema foram os protagonistas dos filmes Nueve reinas (2000), El Hijo de la Novia (2001), Luna de Avellaneda (2004), El Aura (2005), El secreto de sus ojos (2009) e Un cuento chino (2011). Em 2011, Darín venceu o Prêmio Konex de Diamante, um dos mais prestigiados da Argentina, sendo considerado como a personalidade mais importante do entretenimento argentino da última década.

Assista a entrevista na integra que Eric Nepomuceno fez com Ricardo Darín: https://www.youtube.com/watch?v=9pLaiiy0W4I